Instituto Bem Viver usa a dança como forma de terapia no tratamento do câncer
2 de agosto de 2018
0

Além de trazer benefícios para a mente, a dança contribui de várias formas para o bem estar do corpo

 

Arte, música e dança, são ótimos exemplos de terapia e sua prática está diretamente ligada à saúde e bem-estar do corpo e da mente e ajudam a elevar a autoestima e a consciência corporal dos pacientes. A dança, principalmente, ultrapassou as barreiras do exercício físico e é considerada uma das melhores formas de complementar tratamentos, seja pela interação social ou mesmo pelo prazer em praticar essa atividade.

Pensando nessas vantagens, o Instituto Bem Viver, espaço no Kobrasol que tem como missão contribuir com a qualidade de vida do paciente com câncer, tem se dedicado a dar aulas de zumba para as pacientes que possuem cadastro na instituição. Vítimas do câncer, as mulheres acompanham atentamente com o olhar cada gesto executado pelo professor Marcone Antônio dos  Santos, e dominam a coreografia, libertando-se a cada nova descoberta de movimento do corpo e usando a dança como uma forma de viver melhor.

“Depois de receber o diagnóstico do câncer, muitas mulheres acabam perdendo a vontade de seguir em frente e a autoestima. Através da dança e também de outros projetos que trabalham o empoderamento feminino, mostramos para elas que é possível ter qualidade de vida mesmo durante o tratamento e o quão importante é resgatar e fortalecer o sua consciência corporal”, ressalta Tatyana Karin de Oliveira, assistente social do Instituto Bem Viver.

Além dos benefícios mentais, a dança contribui com a perda de peso; tonifica o corpo; reduz o estresse e a ansiedade; melhora a autoestima; aumenta a capacidade sanguínea e faz bem ao coração; combate a depressão; pode ser praticado por pessoas de todas as idades e, além disso, ajuda a fazer novas amizades e socializar. As aulas são realizadas sempre às terças-feiras, das 15h às 16h, no próprio instituto.

Para continuar dando sequência em todo trabalho que é realizado diariamente, o Instituto conta com as doações, pois as pessoas cadastradas são atendidas na medida em que os recursos vão sendo arrecadados. As doações podem ser feitas de diversas maneiras: através do telemarketing da entidade, depósitos em conta corrente, campanhas de arrecadação e eventos beneficentes. Qualquer pessoa pode ajudar, tanto com dinheiro quanto com alimentos, roupas ou até como voluntário, basta fazer uma visita ou entrar em contato pelo telefone (48) 3035-5124. O atendimento no Instituto Bem Viver é feito de segunda à sexta, das 9h às 12h e das 13h às 18h.

Deixe uma resposta