Maneje Bem, startup de Florianópolis é a selecionada pela aceleradora da Cervejaria Ambev para participar de evento da ONU em Nova York
1 de abril de 2019
0

A startup, que desenvolveu uma ferramenta de assistência técnica a agricultores familiares, foi escolhida entre onze finalistas para receber aporte de R$ 25 mil e se apresentar no evento

A Maneje Bem, startup de Florianópolis (SC), foi escolhida como a vencedora da aceleradora de soluções socioambientais da Cervejaria Ambev no Demo Day realizado no último dia 27 pela companhia. Na ocasião, onze startups apresentaram seus projetos nas áreas de gestão de água, agricultura sustentável, embalagem circular e mudança climática a representantes de fundos de investimento de alto impacto e importantes stakeholders de sustentabilidade e da área acadêmica, além de executivos da cervejaria.

A startup, que foi fundada por três mulheres e recebeu treinamentos e mentoria de funcionários da cervejaria ao longo dos últimos meses, desenvolveu uma ferramenta que oferece assistência técnica aos agricultores familiares para aumentar sua produtividade e garantir a qualidade dos alimentos/matéria prima que cultivam. Com o intuito de ajudar 200.000 agricultores até 2030, o negócio propõe agendamento de visitas técnicas, chat, caderno de campo, entre outras facilidades, levando inovação e tecnologia para o trabalho no campo. Um de seus principais produtos é uma plataforma similar a redes sociais já consolidadas, como o LinkedIn, mas voltada a esse público específico.

“Além de ser muito bacana ver que uma empresa do porte da Cervejaria Ambev se preocupa com as questões ambientais e dá espaço para pequenos negócios trabalharem em parceria com a companhia para potencializarem esforços, para nós é uma honra ter esse reconhecimento. Para nós é muito importante ver que a participação na aceleradora nos aproxima ainda mais do nosso objetivo, que é difundir a agricultura sustentável por meio de plataformas digitais e contribuir para conexão da cadeia produtiva de alimentos”, afirma Juliane Blainski, da Maneje Bem.

O grupo de empreendedoras catarinense terá a oportunidade de apresentar seu projeto no “SDGs in Brazil”, evento do Pacto Global da ONU, que acontece na sede da organização, em Nova York. Empresas brasileiras irão se reunir com especialistas mundiais para discutir como os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU podem ser implementados no Brasil. Além disso, receberam uma quantia de R$ 25 mil para acelerar seu projeto.

A aceleradora, lançada globalmente em junho de 2018 pela AB Inbev, selecionou em parceria com o Pacto Global (ONU) pequenos e médios empreendedores com propostas que, de forma inovadora, são destinadas a construir um legado sustentável para toda a sociedade. Foram cerca de 600 inscrições ao redor do mundo e 400 no Brasil, sendo que a companhia selecionou 21 startups brasileiras. Na etapa final, foram escolhidas as 11 que desenvolveram os projetos mais promissores para se apresentarem no Demo Day.

“Nos encontramos em um momento crucial para unir esforços pela sustentabilidade e a Aceleradora 100+ nos ajuda a colocar essa união em prática. Estamos muito animados com o resultado e esperamos que o programa traga bons frutos para nós, as startups e a sociedade como um todo, além de inspirar outras empresas a repensarem a sustentabilidade em seus negócios. Nosso principal objetivo é criar um legado positivo para os próximos 100 anos e mais”, afirma Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de Sustentabilidade e Suprimentos da Cervejaria Ambev.

Deixe uma resposta