Skol Summer On convida público a viver o verão além do pôr do sol
9 de janeiro de 2015
0

Do mesmo grupo internacional que realizará o Tomorrowland Brasil, festival leva para a praia alguns dos maiores DJs do mundo e convida o público a curtir o verão além do pôr do sol

São Paulo, 09 de janeiro de 2015 – Aperte o ON e saia da rotina. Este é o convite da Skol para que o consumidor viva o melhor deste verão. Para traduzir o espírito, a marca apresenta um mais surpreendente festival de música eletrônica que irá comemorar os dias quentes com tudo que a estação tem de melhor: praia, sol, música e diversão. Este é o mood do Skol Summer On, evento que vai reunir  DJs nacionais e internacionais, totalizando mais de 50 horas de festa, em paradisíacas e badaladas praias do litoral brasileiro.

O Skol Summer On aposta em nas diversas vertentes da música eletrônica, do estilo mais comercial até o underground, para agradar todos os gostos e tornar a festa memorável. O line-up acompanha a essência da estação: a festa começa durante o dia com clima chill out e que vai transformando-se em balada depois do pôr do sol. Subirão ao palco e dividirão as pick ups DJs consagrados como Dirty South, Alok, Cedric Gervais, Felguk, entre outros.

 A grandiosa produção internacional foi capitaneada pela Plus Talent, empresa brasileira pertencente ao grupo SFX, maior plataforma mundial de eventos, mídia e conteúdo de entretenimento ligados à cultura de música eletrônica. No portfólio, festivais como Tomorrowland, considerado um dos mais mais criativos e completos eventos musicais da atualidade, além de  Sensation, Mysteryland, Awakenings e Electric Zoo.

A estrutura, que será sempre montada em locais à beira da praia, contará com dois palcos, elementos interativos e lúdicos que fazem referência a um parque de diversões para adultos, além de uma cenografia diferente de tudo que já foi feito: a praia mistura-se à composição moderna, com painel de LED de seis metros de altura no palco, telão com imagens em real time do próprio evento, lounges e área VIP, composta por tendas que contarão com serviço exclusivo.

“Queremos que o evento seja lembrado como uma grande comemoração do verão. Nosso objetivo é que sintam-se em um grande festival, porém, com o ineditismo da experiência na praia e tudo que este cenário envolve. É a maior produção que já fizemos e temos certeza que vai surpreender”, conta Thiago Hackradt, gerente de plataformas da Skol.

O Skol Summer On vai percorrer o litoral brasileiro, passando por praias de diferentes estados: Porto de Galinhas-PE (03/01), Arraial d´Ajuda-BA (10/01), Rio de Janeiro (17/01) Maresias-SP (24/01) e Jurerê-SC (31/01).

A estreia em Porto de Galinhas contou com os dj’s Hardwell, Mario Fischetti, Kolombo, Alok, Bruno V, Digitaria e outros. O evento aconteceu na praia de Maracaípe, um dos points mais conhecidos de Pernambuco.

Durante o festival, passarão pelos palcos também artistas do Selo Skol, projeto que surgiu para fomentar o mercado independente da música produzida no país:  Funky Fat, banda mineira de indie eletrônico,  Tropkillz, dupla formada por Zegon e Laudz que já tocou até na final do Super Bowl e Karol Conka, MC curitibana que lançou em 2013 o elogiado disco Batuk Freak.

“Um line-up de qualidade não poderia ficar de fora deste grande evento. Tivemos muito cuidado na escolha, que foi feita junto com a SFX, maior especialista no assunto”, finaliza Hackradt.

 

 

Line-Up

Confira a programação completa:

Recife:                    

-Mario Fischetti

-Bruno V

-Kolombo-

-Alok

-Digitaria

-Fran Bortolossi

-Lex Empress

 

Bahia:                    

-Alok

-Gregor Salto

-Nervo

-Kolombo

-Digitaria

-Funky Fat

-Fran Bortolossi

-Dj Patife

-Lex Empress

 

Rio Janeiro           

-Cedric Gervais

-Mario Fischetti

-Tropkilazz

-Patrick Topping

-Leo Janeiro

-Lex Empress

 

Maresias                

-DVBBS

-FTAMPA

-John Digweed

-Alok

-Dj Patife

-Lex Empress

 

Jurerê

-Dirty South

-Don Diablo

-Gui Boratto

-Daniel Kuhnen

-Digitaria

-Leo Janeiro

-Lex Empress

BIOs DJs

Alok

Alok herdou o fundo e o gosto musical através dos pais, os DJ’s Swarup e Ekanta, ambos pioneiros no cenário da música eletrônica no Brasil. Desde cedo ele seguiu os pais em tours e festivais que consequentemente o deixaram imerso no cenário musical. De longe é o artista que mais cresce no Brasil, com mais de 4,5 milhões de músicas executadas no Soundcloud.

 

Cedrig Gervais

O DJ fez um, acordo com a grande gravadora Universal Worldwide ( Polydor / Interscope ) . Este é apenas algum dos feitos de Cedrig. É francês e, atualmente, residente em Miami.   residente Miami Gervais é um dos DJs mais procurados da casa e um dos maiores produtores de música eletrônica do mundo.

 

Daniel Kuhnen

Daniel nasceu e foi criado no templo da música eletrônica da América do Sul para, mais tarde, tornar-se um DJ residente local. Ele é conhecido como o cara certo para preparar a pista de dança e cria o clima certo para os amantes de eletrônica. É um dos melhores DJs da nova onda Brasileira de aficionados por eletrônica.

 

Digitaria

Daniela Caldellas e Daniel Albinati são os nomes por de trás da Digitaria. Eles vêm do Brasil e começaram a tocar juntos com uma banda de quatro integrantes em 2004 . Faziam  experimentos de música e dança com uma grande variedade de influências, o que resultava em  melodias inusitadas . A filosofia por trás de sua música nunca mudou com o passar dos anos – a música eletrônica nuncadeverá ter limites, a criatividade e os sentimentos são as únicas coisas que importam. Não deve haver regras para a criação.

 

Dirty South

Dirty South é um DJ de renomeado mundialmente. Tem dois Grammy produtor e foi produtor do festival global.Dirty tem colaborado com alguns produtores de importância, incluindo Axwell, com quem ele também dividiu o estúdio de criação de seu  remix indicado ao Grammy Trap’s ‘Sweet Disposition’

Foi indicado duas vezes ao Grammy, duas vezes ao ARIA e vencedor do ‘’Essential New Tune’’

 

DJ Patife

Esta lenda não precisa de introdução para o povo brasileiro. Foi o primeiro DJ a tocar com vinis durante o carnaval em Salvador e criou um cenário todo novo no Brasil. Patife é a figura que trouxe a cultura eletrônica para o Brasil.

 

Don Diablo

Don Diablo já passou por lugares como o Reino Unido , EUA, Austrália , Japão, Brasil e Israel, e Desfrutando de grandes experiências com artistas como Kelis , Diplo , Sydney Samson e remixes com Tinie Tempah , Mika , The Chemical Brothers , Cassius , Gorillaz , Public Enemy e Iggy Pop .

 

DVBBS

Estes dois irmãos canadenses são responsáveis ​​por uma das maiores faixas de 2013 .A faixa deles foi um enorme sucesso em mais de 15 países. Já se apresentaram com o Tiësto , Steve Aoki, Martin Garrix e Sander van Doorn .

 

Elekfantz

Após a deslumbrante  faixa “Wish”, em 2013, e  do hit ” Diggin ‘on You “, o retorno Elekfantz que só pode ser chamado debrilhante. Seu álbum de estréia, ” Dark Tales & Love Songs ” comporta todas as melodias, harmonias íntimas exuberantes e tons orgânicos através dos quais a dupla se tornou conhecida.

 

Fran Bortolossi

 

O sul do Brasil é um lugar privilegiado para os fãs de música eletrônica: clubes , festivais e uma cultura que , na última década, tem  composto um cenário rico e crescente. E é aí que Fran Bortolossi surge como um dos jogadores mais talentosos. É residente há mais de 5 anos no Clube Havana e toca nas principais baladas da região.

 

FTampa

Suas produções na Hardwell’s label Revealed Recordings and Spinnin’ Records  abriu  muitas portas para ele. Especialmente com a sua colaboração ao Quintino, ” Slammer “, que foi um enorme sucesso .

 

Gui Boratto

Nascido em 1974, em São Paulo Brasil, Gui Boratto , arquiteto, músico, compositor e produtor iniciou sua carreira no setor de publicidade em 1993. De 1994 até 2004 ele realizou vários trabalhos para inúmeras gravadoras nacionais e internacionais , como a EMI , Virgin , Irma , BMG , Edel , Vidisco , ZYX , entre outros.

 

John Digweed

 

Algumas carreiras de DJ são construídos sobre hype. A carreira de John Digweed é construído sobre a substância. Um dos DJs mais populares do planeta , seus sets nunca cair em desgraça com clubbers em todo o mundo , como sua agenda de show mundial implacável testemunha .

 

Kolombo

Oliver Grégoire  Kolombo , é um produtor conhecido e DJ da Bélgica. Ele tem realmente domina a arte da produção moderna , e ao longo dos anos tem vindo a experimentar com vários gêneros de música de dança com vários pseudônimos , levando a uma enorme discografia que inclui lançamentos em algumas das melhores marcas de eletrônica do mundo.

 

Leo Janeiro

O DJ é agora um residente no MOB festival, garantindo o seu nome entre os melhores DJs do Brasil. Sua participação é também fundamental na concepção do Rio Music Conference – ele é ao mesmo tempo defensor e curador para a conferência – ,bem como A & R para Warung Recordings. A carreira de Janeiro como produtor musical também se desenvolveu em um ritmo acelerado , graças ao seu toque musical cheio de personalidade e também a parcerias bem sucedidas feitas ao longo dos anos

 

Lex Empress

Ela toca para um estádio como o Mysteryland  ou canta para 40.000 pessoas no Sensation Lex Empres. É um compositora brilhante e improvisa quase todas as músicas que canta, trazendo uma familiaridade a todas elas.

 

Mario Fischetti

Mario Fischetti é o DJ # 1 de House Music. E não só no Brasil, mas também no resto da América do Sul. Além disso, é residente no Green Valley, que foi eleito por duas vezes o clube número 1 no mundo.

 

Nervo

Essas DJs estão na lista de ” Top 100 DJs ” da DJ Magazine.  Por serem reconhecidas por todo o mundo, passam pelas  de Ibiza,  por Londres, pelo Main Stage do Electric Daisy Carnival , em Las Vegas. E onde quer que vão , a energia contagiante ,  o estilo pessoal sem medo, e profundo amor e compreensão são passados para os amantes de eletrônica.

 

Patrick Topping

Na demanda popular de 2014 foi um grande ano para Patrick . Com faixas sendo defendidas por Pete Tong e Annie Mac na  rádio BBC lendário. Passou pela Austrália, Estados Unidos e América do Sul .

 

The Twelves

The Twelves é uma equipe de produção eletrônica  dupla. O nome se deve ao fato de que  ambos os membros, João Miguel e Luciano Oliveira, nasceram no décimo segundo dia do mês de julho. O grupo nasceu em 2005 no Rio de Janeiro e já fizeram remixes para artistas como Daft Punk, Asobi Seksu e Black Kids.

 

Tropkillaz

Tropkillaz é duo formado pelos dois principais produtores brasileiros , ambos da velha escola (DJ Zegon ) e nova escola ( Laudz ) .Dj Zegon é um dos mais respeitados DJs / Produtores do Brasil – com uma carreira de mais de 20 anos , e tendo trabalhado em mais de 100 registros , incluindo colaborações com Kanye West, MIA , David Byrne ( Talking Heads ) , George Clinton, alguns Wu Tang deputados ( RZA , Method Man , Ol’Dirty Bastardo ), entre outros . Ex-membro do grupo NASA , ele percorreu o mundo com o seu álbum de estreia, ” The Spirit of Apollo ” e realizado em festivais como o Coachella .

 

Skol Summer On em números

  • Área total do evento: 21 mil m² de área total
  • Capacidade total de público: cerca de 20 mil pessoas (média de 4 mil pessoas por evento)
  • Telões: 24m²
  • Palco: 13 metros
  • Equipe internacional de 20 pessoas, incluindo os diretores artísticos e de produção.

 

Serviço Geral

Demais praças: www.ingressocerto.com.br/skolsummeron

Todas as informações: www.skol.com.br/skolsummeron

 

Sobre a Skol

A Skol é a cerveja líder no mercado e atua com pioneirismo, irreverência, espírito jovem, buscando sempre surpreender o consumidor com ações inovadoras. É por meio de uma estratégia que está sempre à frente que a Skol mantém sua identidade e maior proximidade com seu público antecipando tendências no mercado.

Para saber mais sobre a Skol acompanhe:

Site oficial: www.skol.com.br

Facebook: http://www.facebook.com/cervejaskol

YouTube: http://www.youtube.com/user/skolweb

Twitter: @skolweb

 

Assessoria de Comunicação Skol Regional

Koi Comunicação Integrada

Rafael Almeida – rafael@koicomunicacao.com.br

Rejane Bernardes – rejane@koicomunicacao.com.br

Telefone – 48 3035.6399