set 28, 2016 | Clientes | 0 Comentários

Iniciativa social faz um alerta para pais e mães sobre a saúde dos olhos das crianças

Projeto Olhar Amigo oferece exame oftalmológico e óculos de grau gratuito para jovens atendidos pelo Instituto Guga Kuerten

Cada pessoa enxerga o mundo de uma maneira diferente e todos tendem a acreditar que sua forma de perceber as coisas é a correta. Não é diferente com as crianças. Às vezes o problema de visão existe, mas elas não se dão conta. Uma estimativa do Ministério da Saúde afirma que 30% das crianças com idade escolar apresentam problemas de refração que interferem no rendimento diário delas.

De acordo com uma avaliação realizada em 2015 pela Agência Internacional de Prevenção à Cegueira, aproximadamente 29 mil crianças do Brasil são cegas por causa de doenças oculares que poderiam ter sido evitadas ou tratadas previamente. Além de comprometer o desempenho escolar dos pequenos, os problemas de visão podem prejudicar o convívio social e trazer sofrimento para o dia a dia deles.

Pensando nisso, a Óticas Carol em parceria com o Hospital de Olhos de Florianópolis (HOF) e o Instituto Guga Kuerten (IGK) irá realizar o projeto Olhar Amigo que oferece exames oftalmológicos e óculos de grau gratuitos para crianças e adolescentes atendidas pelo IGK. A iniciativa celebra o Dia Mundial da Visão – que neste ano ocorre no dia 13 de outubro, e também alerta pais e mães para não descuidarem da saúde ocular dos filhos.

O Olhar Amigo já percorreu as sete comunidades em que o IGK atua e atendeu 700 crianças. Na primeira fase, elas participaram de uma triagem realizada pela Óticas Carol para verificar quais precisavam de alguma correção oftalmológica e de óculos de grau. No dia 01 de outubro as crianças que passaram pela seleção serão levadas ao Hospital de Olhos de Florianópolis (HOF) para exames oftalmológicos finais.

Também no HOF, elas irão escolher as armações dos óculos de grau oferecidas pela Óticas Carol. Depois de todo esse processo, os óculos recebem as lentes oftálmicas disponibilizadas pela Essilor Repro e são entregues para cada uma das crianças nas respectivas comunidades.

RELACIONADAS

NOTÍCIAS