dez 16, 2015 | Clientes | 0 Comentários

Moradores do Vale do Itajaí criam roteiro para o Viver SC

Depois de passar pelas regiões Oeste, Sul e Serra, o Viver SC, projeto idealizado pelo Diário Catarinense, chega ao Vale do Itajaí. O caderno que será publicado na próxima quinta-feira (17) apresenta a região que carrega traços, marcas e personalidades fortes da cultura alemã, através de roteiros elaborados pelos próprios moradores.

Os traços culturais da cidade de Rio do Sul, foram apresentados por Willian Sieverdt que já viajou por mais de 15 países, além das capitais brasileiras para apresentar espetáculos de teatro com bonecos. Em Blumenau, a equipe do Viver SC encontrou Moacyr Flor, catarinense natural de Armazém, no Sul do Estado, que se declara apaixonado pela cidade, onde reside desde os oito anos de idade. A receptividade e as particularidades de Itajaí chamaram a atenção do prático Alexandre Gonçalves da Rocha que depois de viajar por toda a costa brasileira, resolveu fixar território em Santa Catarina. Nesta edição, ele ficou com a missão de mostrar as preciosidades dos lugares que lhe fizeram sentir acolhido pela região.

Marcado pelo processo avançado de desenvolvimento urbano, Balneário Camboriú destaca-se por ter uma arquitetura de alto padrão com arranha-céus e embarcações de luxo, deixando para trás os rastros da colonização.

Durante a viagem a equipe do Viver SC encontrou muitas curiosidades que chamaram a atenção e compartilham com os leitores através do Almanaque de Viagem. A casa giratória de Ituporanga, os 65 anjos de Rodeio e a Atafona Carlos Hajek, em Ibirama e os atrativos gastronômicos são algumas delas.

Os bons exemplos não poderiam ficar de fora. Em Gaspar, o vendedor Evelito Strapasson, 30 anos, acolheu o haitiano Esteve Oje, 43 anos, desde o primeiro dia na cidade e foi fundamental para que ele se familiarizasse com a língua portuguesa. Flavia Perez de Siqueira, também preocupada com o bem-estar das pessoas, junto com o marido, acorda cedo todos os domingos e prepara café para pessoas em situação de vulnerabilidade de Penha e Balneário Piçarras.

O Viver SC é uma realização do Diário Catarinense, com patrocínio do SINEPE/SC e SEBRAE/SC e com apoio da UNICRED, CIIPO E ARTERIS. O projeto deve se estender por nove meses e contará também com ações especiais como o Selo Viver SC, Painel Viver SC e o Troféu Viver SC.

 

Viver SC

Durante 30 dias, uma equipe do Diário Catarinense acompanhou personagens que contaram histórias de locais intrínsecos do estado. Através da sensibilidade da repórter Karine Wenzel e do olhar minucioso do repórter fotográfico Marco Favero, foram captados materiais para a produção de cinco cadernos especiais, dois já foram publicados. A aventura teve início na região Oeste, passando pelo Sul, Serra, Vale do Itajaí e seu próximo caderno será sobre a Grande Florianópolis.

O  Viver SC contempla Santa Catarina em três plataformas: nos conteúdos editoriais, nas ações digitais e nos eventos presenciais. Além da distribuição dos cadernos em locais específicos das regiões escolhidas, até o final do projeto, três cidades receberão um painel de pintura que ficará como legado e no dia 5 de maio de 2016 terá a entrega do Troféu Viver SC.

Hashtag

Os leitores são os olhos do Viver SC. Eles poderão marcar suas publicações nas redes sociais com hashtag #ViverSC registrando suas histórias, viagens e paisagens do Estado, que poderão ser publicadas na versão impressa e online da revista.

Mapa colaborativo

Outra forma de integração com o leitor é o mapa colaborativo disponível na seção do Viver SC do site do Diário Catarinense (www.diariocatarinense.com.br/viver-sc). O visitante do site deve dizer em uma frase por que a sua cidade é especial e poderá enviar imagens sobre a sua cidade. A colaboração também pode ser pelo e-mail viversc@diario.com.br ou pelo WhatsApp (48) 9924-0137.

RELACIONADAS

NOTÍCIAS